23.6.07

Tem ela nos olhos segredos

Tem ela nos olhos segredos
Serenados pelo tempo
Faz da noite solidão
E do dia alegre canção

No cabelo o murmúrio do vento
Flores selvagens no coração
No passo o contentamento
Por ter perdido a razão

Tem no riso mil meninices
Que espalha nos campos de inverno
E não são velhas crendices
Que lhe ocupam o coração terno

Embriaga-me com o seu andar
- Felino que docemente balança
O astro sol na sua dança –
Como fazem as ondas no mar

1 comentário:

greg disse...

Só p deixar um abraço ao amigo "Sul"